Terça, 25 de Janeiro de 2022
30°

Nuvens esparsas

Taboão da Serra - SP

Taboão da Serra Desabamento

Moradores de Taboão da Serra e Embu das Artes se salvam de desabamento em Capitólio

Uma excursão com 47 turistas de Taboão da Serra e Embu das Artes estavam em Capitólio, bem próximo ao local onde ocorreu um desabamento da rocha.

09/01/2022 às 11h11 Atualizada em 09/01/2022 às 12h12
Por: Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter Fonte: Charles Eliseu
Compartilhe:
Moradores de Taboão da Serra e Embu das Artes se salvam de desabamento em Capitólio - Foto divulgação/CBMMG - Abr
Moradores de Taboão da Serra e Embu das Artes se salvam de desabamento em Capitólio - Foto divulgação/CBMMG - Abr

Desabamento de uma rocha de um cânion no início da tarde de sábado, 8 de janeiro, atingiu três embarcações na represa de Furnas, na cidade de Capitólio, em Minas Gerais.

Uma excursão com 47 turistas de Taboão da Serra e Embu das Artes estavam em Capitólio, bem próximo ao local onde ocorreu um desabamento da rocha. 

Ao jornalista Charles Eliseu, do Jornal SP Repórter News, Simone Navarro, que está em Capitólio, falou da situação no local e classificou que ela e seu grupo tiveram um “livramento”.

“Passamos por essas encostas de pedras muito bonitas e foi um realmente um grande livramento para o nosso grupo, porque assim que encostamos as nossas lanchas, já havíamos feito o passeio, estávamos em três lanchas, encostamos, nos dirigimos ao restaurante e ouvimos o estrondo da pedra, que fica bem em frente ao restaurante. “Da nossa excursão, graças a Deus, ninguém se machucou. Após uns 15 minutos que encostamos no restaurante, escutamos o barulho muito grande da pedra”.

Simone também falou sobre o impacto do triste ocorrido em Minas no grupo da região. “Isso impactou muito o nosso grupo, estamos continuando aqui, mas em breve iremos ao hotel para a noite fazermos uma oração para orar a todos os que estavam no local”. “Nosso grupo aqui é 90% de Taboão da Serra e 10% de Embu das Artes”, completou.

Sobre a situação em Minas, ela disse que muitas equipes de bombeiros estão no local. “Foi movimentada toda a cidade de Capitólio, muitas viaturas de polícia, bombeiros. Uma situação muito triste, crianças saindo da lagoa. Infelizmente vidas foram perdidas e por mais que não impactou nossa excursão, são pessoas da mesma forma que nos deixa tão triste e abalados como se fossem do nosso grupo”.

Encontrado na manhã deste domingo o oitavo corpo de vítima de desmoronamento

O oitavo corpo de vítima do desmoronamento de um bloco de pedras no lago de Furnas, em Capitólio (MG), foi encontrado, confirmou há pouco o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. Segundo a corporação, ainda existem dois desaparecidos.

Os trabalhos de busca recomeçaram às 5h deste domingo (9) e envolvem cerca de 50 pessoas, entre bombeiros e militares da Marinha. Ao todo, 11 mergulhadores do Corpo de Bombeiros atuam na operação. A Marinha do Brasil emprega sete viaturas, quatro lanchas e três motos aquáticas.

Matéria atualizada as 12h08

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias