Sábado, 20 de Agosto de 2022

Céu encoberto

Taboão da Serra - SP

Taboão da Serra Taboão da Serra

Mais de 3 mil metalúrgicos de Taboão da Serra intensificam mobilização na Campanha Salarial 2022

Trabalhadores também de Embu das Artes e Itapecerica da Serra participam da iniciativa

28/07/2022 às 15h21
Por: Por Charles Eliseu, para o Jornal SP Repórter Fonte: Escrito pela assessoria de imprensa do sindicato
Compartilhe:
Na região, diversos trabalhadores, já mostraram disposição para lutar por reajuste e os direitos da Convenção Coletiva
Na região, diversos trabalhadores, já mostraram disposição para lutar por reajuste e os direitos da Convenção Coletiva

Em três dias, mais de 3 mil metalúrgicos de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica da Serra reforçaram a mobilização por uma Campanha Salarial vitoriosa. Trata-se do mutirão de assembleias, organizado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região para intensificar a organização da categoria contra os desafios que serão encontrados nas negociações com os grupos patronais.

“A inflação em dois dígitos dificulta ainda mais as negociações. Os patrões vão querer usar esta desculpa para não conceder um reajuste justo. Por isso antecipamos a nossa campanha salarial: porque a nossa resposta tem que ser a luta, a mobilização”, destaca o presidente do Sindicato, Gilberto Almazan (Ratinho).

Na região, diversos trabalhadores, já mostraram disposição para lutar por reajuste e os direitos da Convenção Coletiva. Entre eles, estão os que trabalham na Elco do Brasil, ADI, Alulev, Blum, Nanquim, Spaal, Stahl, Conaut/Krohne, Dinatecnica, Esquadrisul, Florio, Albras, Bimetal, Bomax e Arbame.

O número de trabalhadores envolvidos deve dobrar até sexta-feira, 30, com a participação dos trabalhadores da Cinpal. “Vamos fazer assembleias nas três unidades, simultaneamente. O objetivo é aumentar também a representação de trabalhadores do maior número de empresas no seminário regional que acontece neste sábado, 30”, explica o diretor do Sindicato Marcelo Mendes, que coordena o mutirão na região.

SEMINÁRIO – No seminário, os trabalhadores têm a oportunidade de entender melhor o cenário em que acontece a Campanha deste ano, para então, colaborar com a estratégia de mobilização. Neste sábado, 30, ele vai acontecer a partir das 9h, na subsede de Taboão da Serra.

Outros dois já aconteceram em Osasco e Cotia, após o mutirão de assembleias ter percorrido as fábricas de Cotia, Vargem Grande Paulista, Jandira e Itapevi. Nestas cidades, mais de 4 mil metalúrgicos foram mobilizados.

Campanha Unificada – Com data base em 1º de novembro, a campanha salarial dos metalúrgicos de Osasco e região é unificada com outros 53 sindicatos filiados à Federação dos Metalúrgicos, representando cerca de 700 mil trabalhadores.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias