Quinta, 25 de abril de 2019
11 98407-4416
Cidades

17/03/2019 às 14h06

Taboão da Serra / SP

Conheça os melhores amigos da Polícia Militar de São Paulo
Canil da PMESP é subordinado ao Choque. Unidade atua em operações das mais diversas

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter

Conheça os melhores amigos da Polícia Militar de São Paulo

O ditado popular afirma que “o cão é o melhor amigo do homem”, mas a verdade é que, além do homem – do cidadão comum – ele também é melhor amigo, e grande escudeiro e aliado, do militar. E essa relação é antiga.


A companhia do canil foi criada em 15 de setembro de 1950, com um efetivo de quatro cães da raça pastor alemão. Além da unidade subordinada ao Choque, a PM conta com mais 26 canis setoriais, totalizando cerca de 360 cães treinados e distribuídos pelo Estado de São Paulo.


O canil da PM conta com cães farejadores das seguintes raças: pastor alemão, pastor belga malinois, pastor holandês, braco alemão, santo humberto, rottweiler e labrador. 


Os animais atuam em praças desportivas, na busca de fugitivos em matas, resgate de pessoas perdidas, segurança de autoridades e detecção de drogas e explosivos.


De acordo com o tenente Fioravante, subcomandante do canil, a utilização destes animais para os trabalhos da Polícia Militar é fundamental. “Eles são de extrema importância e muito eficientes na localização de drogas, de artefatos explosivos, busca por pessoa desaparecidas, marginais homiziados em matas, além de serem extremamente eficazes também em imobilizações, ações de controle, restabelecimento de ordem, entre outros”, afirma.


Cuidados


De acordo com o tenente, no dia-a-dia, os cães passam por cuidadosa higienização, treinamentos e condicionamento apropriados. Além disso, o serviço operacional prestado por eles não ultrapassa oito horas. 


Um cão pode servir a Polícia Militar até alcançar oito anos de idade. Depois disso eles são “aposentados” do serviço. Quando isso ocorre eles são doados. A preferência é que fique com o adestrador ou condutor que permaneceu mais tempo com ele ao longo de sua vida. Se essa possibilidade não se concretizar, então ele é disponibilizado para os demais integrantes do canil que tenham interesse e, por fim, a última alternativa é a doação a algum civil que, comprovadamente, ame os animais e tenha condições de cuidar adequadamente daquele cão.


 

POR: SSP

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados

Endereço do jornal: Rua Jundiaí, 56, bairro: Arraial Paulista, Taboão da Serra, São Paulo

Jornalista responsável: Elizeu Teixeira Filho. MTB: 50919/SP

Diretora geral: Vilma Kovacs

Site desenvolvido pela Lenium