domingo, 21 de julho de 2019
11 98407-4416
Cidades

16/05/2019 às 20h12

Taboão da Serra / SP

Cristo Redentor de Taboão da Serra: patrimônio histórico e cultural do povo
Lei de 2006 protege o monumento e seus arredores devido sua importância para o município

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter

Cristo Redentor de Taboão da Serra: patrimônio histórico e cultural do povo
Estátua do Cristo é um dos pontos históricos mais importantes de Taboão. Fotos: Elizeu Teixeira Filho/Jornal SP Repórter/Arquivo

Citado no hino oficial de Taboão da Serra, de autoria do brilhante e saudoso jornalista Waldemar Gonçalves, o Cristo Redentor da cidade fica localizado no alto do morro da Vila Pazzini.


Segundo relatos históricos, a estátua precede a fundação de Taboão da Serra enquanto município, tornando-se assim patrimônio histórico e cultural do município, proibido, inclusive, sua “remoção, demolição ou obras que prejudiquem de forma direta ou indireta sua preservação ou visibilidade”, com proteção permanente.


Esta consideração pelo Cristo é lei na cidade. A autoria, na Câmara Municipal, foi do então vereador Paulo de Souza Félix, através da Lei n° 1631/2006. Ainda de acordo com o texto, em seu artigo 1°, “A estátua do Cristo Redentor, localizada nos altos da Vila Pazzini e seu entorno, conhecido como "Morro do Cristo" ficam incorporados ao patrimônio histórico e cultural do Município”.


Através do Projeto da Prefeitura de Taboão da Serra “Conhecendo a Minha Cidade”, alunos da rede municipal de ensino fizeram e fazem estudo de campo em vários pontos históricos da cidade. Entre eles, um dos mais visitados e que surpreendem as crianças é a estátua do Cristo.


Palco por vários anos da encenação da tradicional Paixão de Cristo, o monumento sagrado tem acesso feito por meio de uma longa escadaria. Uma cidade que se desenvolve rapidamente em termos econômicos e sociais, também não pode se esquecer de sua história. Taboão certamente é um exemplo quando o assunto é a preservação das raízes.


Na atual gestão do prefeito Fernando Fernandes e com o comando do secretário de Educação, professor João Medeiros, criou-se recentemente o projeto “Taboão da Serra: Construindo Sua História nas Trilhas do Futuro”. Entre os desdobramentos da iniciativa, destaque para o livro “Taboão da Serra: Profundas Raízes”. A obra, fruto de um intenso trabalho de pesquisa, é um valiosíssimo tesouro sobre a história da cidade. 


  

POR: Elizeu Teixeira Filho

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados

Endereço do jornal: Rua Jundiaí, 56, bairro: Arraial Paulista, Taboão da Serra, São Paulo

Jornalista responsável: Elizeu Teixeira Filho. MTB: 50919/SP

Diretora geral: Vilma Kovacs

Site desenvolvido pela Lenium