Quinta, 21 de novembro de 2019
11 98407-4416
Cidades

05/11/2019 às 20h50 - atualizada em 05/11/2019 às 20h57

Taboão da Serra / SP

GCM de Embu das Artes faz apresentações sobre o projeto Guardiã Maria da Penha
A Medida Protetiva é um mecanismo criado pela Lei Maria da Penha para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter

GCM de Embu das Artes faz apresentações sobre o projeto Guardiã Maria da Penha
GCM de Embu das Artes faz apresentações sobre o projeto Guardiã Maria da Penha - Foto: PMEA

O projeto "Guardiã Maria da Penha” fiscaliza casos de mulheres que recebem “Medidas Protetivas” determinadas pela Justiça, por correrem o risco de sofrerem algum tipo de violência por parte de um ex-companheiro, marido, familiar ou indivíduo. A Medida Protetiva é um mecanismo criado pela Lei Maria da Penha para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, ordenando ao agressor cumprir certas condutas, como a proibição de se aproximar da vítima e a obrigação de manter uma distância delimitada do espaço de convivência dela.

Implantada em abril deste ano, por meio de um convênio entre o Ministério Público e a Guarda Civil Municipal (GCM) de Embu das Artes, a Guardiã Maria da Penha atua no monitoramento do entorno da residência da mulher por meio de rondas e visitas, para garantir a segurança e certificar-se de que o agressor está obedecendo a ordem da Justiça.

E com o intuito de divulgar e fortalecer os efeitos da operação desse projeto na cidade, a equipe Guardiã Maria da Penha Embu das Artes apresentou no dia 30/10, para os alunos do Ensino de Jovens e Adultos - EJA da E. M. Jornalista José Ramos, uma numa palestra sobre o desenvolvimento do programa com o tema: Violência Doméstica e Familiar, Leis, Segurança e Rede de Proteção. 
 
Além dessa experiência, em 25/10, na Escola Paulista de Magistratura, a equipe Guardiã Maria da Penha mostrou estatísticas sobre o enfrentamento da violência contra a mulher no município durante o "Seminário de Fortalecimento da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher", organizado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e pela COMESP- Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo.


src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

POR: SECOM/PMEA

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados

Endereço do jornal: Rua Jundiaí, 56, bairro: Arraial Paulista, Taboão da Serra, São Paulo

Jornalista responsável: Elizeu Teixeira Filho. MTB: 50919/SP

Diretora geral: Vilma Kovacs

Site desenvolvido pela Lenium