Prefeitura de Taboão da Serra
Bolsonaro

Polícia Federal investiga ameaças contra presidente Jair Bolsonaro

Ameaças foram feitas em rede social

05/12/2019 23h05Atualizado há 4 meses
Por: Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal em Varginha/MG
Foto: Ag.Br
Foto: Ag.Br

A Polícia Federal cumpriu, dia 1 de dezembro, dois mandados judiciais de busca e apreensão, nas cidades mineiras de Três Corações e Alfenas, expedidos pela Justiça Federal, a fim de apurar crime contra a segurança nacional (artigo 20 da Lei n. 7170/83).

A investigação teve início após um homem ser detido, na última sexta-feira (29/11), por ter feito menção, em rede social, postando fotos e vídeos de suposto plano que visava a atentar contra o Presidente da República Jair Messias Bolsonaro.
Na data, o Presidente estava em visita oficial à Escola de Sargentos das Armas (ESA), de Três Corações, por ocasião de solenidade de formatura do Curso de Sargentos. O suspeito trabalhava como terceirizado na ESA e aparecia em vídeos postados em redes sociais.

O crime investigado tem pena de 3 a 10 anos de reclusão. A investigação tramita em segredo de Justiça.

src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários