Quarta, 22 de janeiro de 2020
11 98407-4416
Cidades

06/01/2020 às 09h16 - atualizada em 06/01/2020 às 09h20

Taboão da Serra / SP

Relembre a história do primeiro prefeito de Taboão da Serra
Nicola Vivilechio, homenageado com o nome da Praça do centro da cidade, foi prefeito a partir de 1959

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter

Relembre a história do primeiro prefeito de Taboão da Serra
Foto: Beatriz Vivilechio/Arquivo familiar

O Jornal SP Repórter traz, nesta segunda-feira, 6 de janeiro, a história de Nicola Vivilechio, o primeiro prefeito da história de Taboão da Serra. Mais que isso. Este homem, que nasceu em 2 de setembro de 1928 e registrado em 1 de janeiro de 1929, foi, junto de outras personalidades, um dos articuladores de destaque na luta em prol da emancipação político-administrativa, que se seu em 1 de janeiro de 1959, sendo oficializada em 19 de fevereiro daquele ano. Antes deste processo, Taboão tinha status de distrito e pertencia a cidade de Itapecerica da Serra.


A história de Nicola sempre esteve fortemente atrelada a Taboão da Serra. Começou a trabalhar no Instituto Pinheiros , que ficava onde hoje se localiza o Parque Inocoop, aos 15 anos e continuou na empresa até os 30 anos. Foi nesta época que sua vida tomou, provavelmente, seu caminho mais importante: o comando do Poder Executivo da cidade. Foi em reuniões com os amigos que surgiram as sugestões para que ele se tornasse candidato a prefeito.


Com mandato de 1959 à 1963, Nicola enfrentou com muita dedicação as dificuldades naturais de uma cidade recém-fundada. Tudo começou do zero. Mesmo sendo prefeito, dirigiu por muitas vezes o caminhão da Prefeitura e por várias vezes ele mesmo fez serviços devido a falta de funcionários.


Em fevereiro de 1982, Nicola retornou ao cargo de prefeito por dez meses, pois o então prefeito Armando Andrade se afastou para se candidatar a deputado, e o vice-prefeito José Domingues de Moraes, também se afastou, para se candidatar a prefeito. Nicola era, à época vereador e presidente da Câmara Municipal. Sua passagem pelo Legislativo foi pelo período de um mandato, entre 1976 e 1981.


src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">


Orgulhosa de seu pai, sua filha Beatriz Vivilechio, conta um pouco da relação dele com a vida pública. “Ele amava a política, era algo de coração, estava no sangue dele, para ele política era tudo. Nunca pensou em parar. Ele amava Taboão!”. Ela explicou também sua impressão sobre o Nicola enquanto pai. “Ele era um pai que gostava de conversar, brincalhão, risonho, não deixando de ter um gênio típico italiano, com o coração maior que ele”. Ela conviveu com o pai até quando tinha 15 anos. Nicola faleceu em 18 de agosto de 1984.


A principal praça da cidade, localizada no centro, um dia levou o nome de Praça 31 de Março, em alusão ao Golpe Militar instaurado em 1964 no país. Entretanto, de forma extremamente justa, o local teve seu nome alterado para Praça Nicola Vivilechio. O legado deste grande homem jamais será esquecido pelos taboanenses. Contar a história dele e consequentemente a de Taboão da Serra traz uma sensação maravilhosa a este jornal. O SP Repórter News agradece à Beatriz Vivilechio pelas informações e fotos cedidas. 

POR: Elizeu Teixeira Filho

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook

© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados

Endereço do jornal: Rua Jundiaí, 56, bairro: Arraial Paulista, Taboão da Serra, São Paulo

Jornalista responsável: Elizeu Teixeira Filho. MTB: 50919/SP

Diretora geral: Vilma Kovacs

Site desenvolvido pela Lenium