Quarta, 22 de janeiro de 2020
11 98407-4416
Cidades

12/01/2020 às 18h07 - atualizada em 13/01/2020 às 00h57

Taboão da Serra / SP

São Paulo entra em estado de atenção para alagamentos neste domingo,12
Áreas de instabilidade, formadas pelo calor e a alta umidade, já começam a se formar na cidade de São Paulo,

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter

São Paulo entra em estado de atenção para alagamentos neste domingo,12
São Paulo entra em estado de atenção para alagamentos neste domingo,12 - Foto: Elizeu T. Filho

SÃO PAULO SP  - A semana começa com chuva forte na cidade de São Paulo. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura da capital decretou estado de atenção para alagamentos, por volta das 11h deste domingo (12). Áreas de instabilidade, formadas pelo calor e a alta umidade, já começam a se formar na cidade de São Paulo, atingindo as regiões da Penha, Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista, Itaim Paulista, Itaquera e Guaianazes, na zona leste. As pancadas de chuva são de moderada intensidade.


A madrugada deste domingo na capital paulista foi quente e abafada para o período. Os termômetros das estações meteorológicas automáticas do CGE registraram média de 22,5°C. O amanhecer teve céu encoberto e no decorrer do dia haverá curtas aberturas de sol.  As temperaturas não sobem muito, com máxima prevista de 27°C e taxas de umidade do ar elevadas, acima dos 60%.


Áreas de instabilidade sobre o estado, associadas ao avanço de uma frente fria pelo oceano, causam as chuvas, que devem se intensificar a partir da tarde. São esperados volumes expressivos sobre a região metropolitana de São Paulo e faixa leste paulista, que inclui a capital. Essa condição aumenta o risco de formação de alagamentos, transbordamento de córregos e quedas de árvores em função das rajadas de vento, além de elevar o potencial para deslizamentos de encostas em áreas de risco. 


Segundo o CGE, medidas simples podem amenizar os efeitos dos alagamentos: evitar transitar em ruas alagadas; se a chuva causou inundações, não enfrentar correntezas; manter-se longe da rede elétrica e não parar debaixo de árvores, abrigar-se em casas e prédios; planejar as viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas. Em caso de dúvida sobre vias bloqueadas, ligue para a central de atendimento da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), número 156, ou entre no site da CET para saber como está o trânsito nas principais vias.  (Fonte Agência Brasil)


 

POR: Ludmilla Souza

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook

© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados

Endereço do jornal: Rua Jundiaí, 56, bairro: Arraial Paulista, Taboão da Serra, São Paulo

Jornalista responsável: Elizeu Teixeira Filho. MTB: 50919/SP

Diretora geral: Vilma Kovacs

Site desenvolvido pela Lenium