Sexta, 21 de fevereiro de 2020
11 98407-4416
Cidades

07/02/2020 às 18h53

Taboão da Serra / SP

Barueri : Campanha de vacinação 2020 contra sarampo começa na segunda,10
Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Barueri estarão vacinando de segunda a sexta-feira

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter

Barueri : Campanha de vacinação 2020 contra sarampo começa na segunda,10
Campanha de vacinação 2020 contra sarampo começa na segunda,10 - Foto ilustrativa

BARUERI SP  - Uma nova campanha de vacinação contra o sarampo – a primeira de 2020 – terá início na segunda-feira (dia 10), estendendo-se até 13 de março em todo o território nacional. Mais seletiva, essa campanha visa vacinar pessoas de 5 a 19 anos de idade.

Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Barueri estarão vacinando de segunda a sexta-feira em seus horários de atendimento normais.

Os imunobiológicos serão aplicados conforme determinado no Calendário Nacional de Vacinação, que prevê duas doses para pessoas de 1 a 29 anos e uma dose para pessoas de 30 a 59 anos, mas só após avaliação da equipe de enfermagem. Por esse motivo é primordial levar a caderneta de vacinação.

Dia D
No dia 15 de fevereiro (sábado), será o Dia D de vacinação, quando as 19 UBSs do município atenderão o público-alvo, das 8 às 17h. Haverá também postos volantes em Alphaville, no Alpha Shopping (alameda Rio Negro, 1033), e na Aldeia da Serra, no Residencial Morada dos Pássaros (av. dos Pássaros).

Sobre o sarampo
Conforme explicam os especialistas da Vigilância em Saúde, o sarampo é uma doença viral aguda, grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, exantema (manchas avermelhadas), coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. O período de transmissão varia de quatro a seis dias antes do aparecimento do exantema até quatro dias após o surgimento das manchas.

A vacina contra o sarampo é contraindicada para mulheres grávidas em qualquer período gestacional e pessoas que tenham problemas de imunodepressão (como pacientes de câncer e Aids ou de outras doenças e tratamentos que afetem o sistema imunológico, de defesas do organismo) e anafilaxia (reação). Além disso, recomenda-se que pessoas que estejam com febre acima de 38°C ou com alguma infecção sejam avaliadas por um médico antes de se vacinarem.


 

POR: SECOM/PMB

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook

© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados

Endereço do jornal: Rua Jundiaí, 56, bairro: Arraial Paulista, Taboão da Serra, São Paulo

Jornalista responsável: Elizeu Teixeira Filho. MTB: 50919/SP

Diretora geral: Vilma Kovacs

Site desenvolvido pela Lenium