Prefeitura de Taboão da Serra
Taboão da Serra

Prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes, concedeu entrevista à Rádio Bandeirantes

Fernando falou das ações da Prefeitura diante de uma das chuvas mais fortes da história do município

11/02/2020 19h44Atualizado há 2 meses
Por: Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
Fonte: Elizeu Teixeira Filho
Prefeito Fernando Fernandes recebeu a visita da primeira-dama do Estado de São Paulo, Bia Doria, que lançou um programa para ajudar as famílias atingidas. Foto: Divulgação
Prefeito Fernando Fernandes recebeu a visita da primeira-dama do Estado de São Paulo, Bia Doria, que lançou um programa para ajudar as famílias atingidas. Foto: Divulgação

O prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes, concedeu uma entrevista ao Programa Rádio Livre, da Rádio Bandeirantes, por volta das 15h30 desta terça-feira, 11. Durante a conversa com os jornalistas, o prefeito explicou que a Prefeitura está empenhada em ajudar as famílias, ressaltando que não havia presenciado uma chuva com um volume tão grande.

“Tivemos uma ação rápida, um serviço de limpeza muito rápido, atendemos as famílias distribuindo comida, água, kits de limpeza, colchões e cobertores. Estou no meu quinto mandato, eu nunca vi uma chuva com esse volume. Nossos marcadores registraram 140 milímetros em quatro horas de chuva, que é um volume muito grande. Todo mundo está tratando de volume de chuva, mas eu vejo que as pessoas às vezes não estão dando muita atenção no período em que ela acontece. Tivemos 65% da chuva prevista para o mês inteiro. Quando tudo isso acontece em quatro horas, é um negócio muito grave. Tanto é, que não tem sistema de drenagem que dê conta disso. E São Paulo mostrou isso. Nós tivemos transbordamentos do Rio Pinheiros e do Rio Tietê. Nós temos seis piscinões, e todos transbordaram. A manutenção dos piscinões fica a cargo do Governo do Estado, mas ela é feita regularmente. Não seria essa a justificativa, de falta de manutenção”, explicou o prefeito, que pontuou também que cerca de 80 homens da Defesa Civil e da Secretaria de Manutenção atuaram no caso.

src="https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

De acordo com a Prefeitura de Taboão, a Secretaria de Assistência Social fez um levantamento e constatou que 183 famílias (459 pessoas) tiveram suas casas ou comércios atingidos por enchente e que ninguém solicitou abrigo à Prefeitura.

Fernandes explicou também que há cinco anos realizou obras no córrego próximo ao local atingido na cidade e que, por conta delas, a área já estava há quatro anos sem sofrer enchentes. “Tivemos um acontecimento pontual, no centro da cidade, próximo à divisa com São Paulo, que é um ponto que há muito tempo atrás acontecia alagamentos. Mas há quatro anos isso não acontecia mais porque nós fizemos uma obra de prevenção, um canal paralelo ao córrego que deu resultado e nos últimos anos nós não tivemos nenhuma enchente. Agora, nessa não teve jeito”.

Fernando Fernandes falou também que recebeu no meio dia de hoje a visita da primeira-dama, Bia Doria, que lançou um programa pelo Governo do Estado para ajudar as famílias afetadas pelo ocorrido no município. “Hoje a primeira-dama do Estado, Bia Doria, esteve aqui na cidade e lançou um programa pedindo doações de eletrodomésticos, que é uma das grandes perdas das pessoas, estamos esperando doações de eletrodomésticos para as famílias”.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários