Terça, 25 de Janeiro de 2022
30°

Nuvens esparsas

Taboão da Serra - SP

Cidades Poupatempo

Guarulhos e mais 11 unidades do Poupatempo retomam atendimentos presenciais a partir desta quarta, 26

Para ser atendido nos postos de Santo Amaro, Lapa, Cidade Ademar, Guarulhos, Suzano, Caraguatatuba, Campinas Shopping, Sorocaba, Araraquara, São Carlos, São Vicente e Praia Grande é necessário agendamento prévio por meio do portal ou pelo aplicativo Poupatempo Digital.

26/08/2020 às 15h59 Atualizada em 26/08/2020 às 16h07
Por: Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter Fonte: Elizeu Teixeira Filho/ Fonte Gov. SP
Compartilhe:
Guarulhos e mais 11 unidades do Poupatempo retomam atendimentos presenciais a partir desta quarta, 26 - Foto ilustrativa
Guarulhos e mais 11 unidades do Poupatempo retomam atendimentos presenciais a partir desta quarta, 26 - Foto ilustrativa

A partir desta quarta-feira (26), mais 12 unidades do Poupatempo retomam as atividades presenciais. Para ser atendido nos postos de Guarulhos, Santo Amaro, Lapa, Cidade Ademar,  Suzano, Caraguatatuba, Campinas Shopping, Sorocaba, Araraquara, São Carlos, São Vicente e Praia Grande é necessário agendamento prévio por meio do portal ou pelo aplicativo Poupatempo Digital.

Com a adoção de medidas de prevenção e protocolos sanitários, a capacidade de atendimento será de 30%, priorizando serviços que necessitam da presença do cidadão para serem concluídos, como primeira habilitação e expedição de RG, por exemplo.

A reabertura gradual das unidades do Poupatempo em todo o Estado começou em 19 de agosto e segue as diretrizes do Plano São Paulo. Os primeiros oito postos a retomarem os atendimentos presenciais foram Sé e Itaquera (Capital), Mogi das Cruzes, Mauá e São Bernardo do Campo (Grande São Paulo), Santos e Guarujá (Baixada Santista), e Bauru (Interior).

Acesso

Com o objetivo de minimizar os riscos de transmissão e garantir a segurança da população e colaboradores, haverá controle de acesso às unidades. Só será permitida a presença de acompanhantes em casos de crianças, idosos ou pessoas com deficiência.

O uso de máscaras de proteção é obrigatório, assim como a medição de temperatura e higienização das mãos com álcool em gel na entrada das unidades. A manutenção do distanciamento entre as pessoas foi reforçada com sinalização nos bancos de espera, marcações no chão e orientação.  (Fonte: Site do Governo de São Paulo)

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias