Terça, 19 de fevereiro de 2019
13 98165-3027
Saúde

29/01/2019 às 17h31

Taboão da Serra / SP

Neste verão, saiba como cuidar da saúde nos dias de muito calor
No Verão, o calor e o tempo seco se intensificam, uma boa hora de aproveitar a temporada nas piscinas e praias do litoral

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter

Neste verão, saiba como cuidar da saúde nos dias de muito calor
No Verão, o calor e o tempo seco se intensificam, uma boa hora de aproveitar a temporada nas piscinas e praias do litoral - Foto: Elizeu T. Filho/SPR

No Verão, o calor e o tempo seco se intensificam, uma boa hora de aproveitar a temporada nas piscinas e praias do litoral. Para não estragar a diversão, porém, é preciso tomar alguns cuidados. O primeiro é com os efeitos do sol e do calor sobre a saúde.


É recomendado ingerir bastante líquido, ingerir alimentos leves e, de preferência, que contenham bastante líquido em sua composição.


O sol é importante fonte de vitamina D, essencial para o fortalecimento dos ossos e também para o crescimento das crianças. Porém, a exposição demasiada aos raios solares pode trazer perigos de queimaduras e doenças como o câncer de pele.


Lembre-se sempre de usar protetor solar. Para as peles mais claras é preciso usar os fatores de proteção mais altos. Evite levar as crianças pequenas e os bebês para tomar sol entre as 10h e 18h (durante o horário de Verão). Use sempre roupas leves.


A desidratação é outro grande perigo no calor. Crianças devem ser incentivadas a tomar bastante água e sucos. O recomendável é ingerir até dois litros por dia. Os alimentos com mais concentração de água também ajudam. Abuse de alimentos como o pepino e o tomate, e frutas como a melancia, melão, laranja, abacaxi, maçã e banana, todos ricos em água.


Muita sede, olhar de fadiga, dor de cabeça, diarreia e vômitos são alguns dos sintomas que indicam que a criança está desidratada. Para combater a desidratação, e antes de procurar socorro médico, ao sinal de algum desses sintomas apele para a receita do soro caseiro.


É fácil de fazer: ferva um pouco de água ou utilize água filtrada, acrescente uma dose rasa de colher de chá de sal e uma dose rasa de colher de sopa de açúcar. Mas atenção: se os sintomas não melhorarem, procure um médico. A desidratação, quando no início, pode ser controlada, mas se não tratada a tempo pode levar à morte.


Em casa, procure os locais mais frescos. Se tiver ar condicionado, chame um técnico para fazer a manutenção e higienização. Os mesmos cuidados devem ser tomados com os ventiladores, que devem estar bem limpos, para evitar alergias e outras doenças.


Outros cuidados


A exposição ao sol também pode ser prejudicial aos olhos e provocar danos à retina. Utilize óculos de sol também nas crianças.


No Verão, é comum a incidência de conjuntivites. Evite coçar os olhos e mantenha as mãos limpas e lavadas com sabonete. Limpe as pálpebras com água pela manhã e cuidado com os protetores solares na região dos olhos.


Atenção na piscina e na praia para evitar afogamentos, principalmente com as crianças. Os adultos devem estar sempre por perto para socorrer os pequenos. No mar, permaneça nos locais mais rasos e livres de correnteza.


Já os adultos, não devem abusar de bebidas alcoólicas e evitar entrar na água sob o efeito do álcool. Procure ficar no raso e longe das correntezas. Se for surpreendido pela corrente procure se afastar para os lados e não para o raso. Observe as bandeiras de sinalização e prefira entrar nos pontos onde há guarda-vidas por perto.


Evite também nadar nos locais de saída de barcos, lanchas e jet ski ou os que são reservados para a prática de esportes aquáticos como o surfe e o kitesurfe. O ideal é estar próximo dos lugares em que os guarda-vidas do Corpo de Bombeiros estejam por perto.


Quando for passear de barco use o colete salva-vidas. O equipamento também deve usado para quem não sabe nadar. Nesse caso, boias e outros brinquedos do gênero não são seguros e nem servem para se proteger.


E, se observar alguém em dificuldades, não tente salvá-lo se não estiver habilitado, jogue algum objeto que o ajude a flutuar, chame um guarda-vidas ou acione o 193. Evite a área dos costões e quando estiver caminhando pelas pedras cuidado com as ondas, que podem jogá-lo ao mar.Tomando os cuidados necessários você e sua família estarão seguros.   (Fonte Gov. SP)


 

POR: Elizeu Teixeira Filho

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados

Endereço do jornal: Rua Jundiaí, 56, bairro: Arraial Paulista, Taboão da Serra, São Paulo

Jornalista responsável: Elizeu Teixeira Filho. MTB: 50919/SP

Diretora geral: Vilma Kovacs

Site desenvolvido pela Lenium