Terça, 23 de abril de 2019
13 98165-3027
Educação

31/01/2019 às 20h01

Taboão da Serra / SP

Pomar urbano ajuda a combater poluição e melhorar a vida nas cidades
No bairro Vila Iasi, em Taboão da Serra,SP, tem uma praça localizada na rua Jundiaí, com diversas espécies de árvores frutíferas

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter

Pomar urbano ajuda a combater poluição e melhorar a vida nas cidades
No bairro Vila Iasi, em Taboão da Serra,SP, tem uma praça localizada na rua Jundiaí, com diversas espécies de árvores frutíferas - Foto: Elizeu Teixeira Filho

Com o objetivo de melhorar a vida nas cidades, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo busca estimular a criação de mudas frutíferas no ambiente urbano, pelo Departamento de Sementes, Mudas e Matrizes (DSMM).


“As árvores frutíferas contribuem para a melhoria das condições ambientais, diminuindo o calor, oferecendo sombra, auxiliando na diminuição do efeito estufa, além de que produzem alimentos saudáveis e de qualidade nutricional”, explica Luís Bernacci, botânico do Instituto Agronômico, vinculado à pasta.


De modo a manter as características e qualidades dos cultivares, é necessário que o plantio seja feito através de mudas enxertadas, clones de um determinado material que é transplantado para outra planta. O novo cultivar é resultado da junção de duas plantas diferentes, utilizando a copa de uma e raiz de outra.


Espécies


O abacateiro, mangueira, amoreira, goiabeira e bananeira são espécies comuns de serem plantadas no ambiente urbano, seja no quintal de casa ou na calçada. A falta de espaço no ambiente urbano é a principal representação de problema para as espécies, principalmente para a mangueira e o abacateiro, que precisam de um local maior para o desenvolvimento, mesmo recebendo podas frequentes.


“No passado, era extremamente comum o cultivo dessas espécies nos quintais das casas. Com o tempo, isto foi ficando restrito às cidades do interior e hoje mesmo nessas cidades é menos comum, ocorrendo apenas nas áreas mais ou menos periféricas dos municípios menores”, explica o botânico.


Para a organizadora de eventos Marcela Miranda, crescer com um pé de manga na casa de sua avó fez toda a diferença. “Ter a árvore tão próxima nos fez aprender o valor da natureza e dos seus alimentos. Além disso, tivemos a experiência de colher o fruto direto, o que era uma delícia”, diz.


No bairro Vila Iasi, em Taboão da Serra -SP,  tem uma praça localizada na rua Jundiaí,  com diversas espécies de arvores frutiferas: Manga, Jabuticaba, Goiaba, Laranjeira, Abacate, Acerola, Pitanga, Limão e Ameixa. 


 

POR: Elizeu Teixeira Filho

Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook

© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados

Endereço do jornal: Rua Jundiaí, 56, bairro: Arraial Paulista, Taboão da Serra, São Paulo

Jornalista responsável: Elizeu Teixeira Filho. MTB: 50919/SP

Diretora geral: Vilma Kovacs

Site desenvolvido pela Lenium