Quarta, 18 de Maio de 2022

Poucas nuvens

Taboão da Serra - SP

Itapecerica da Serra Saúde

Combate ao câncer e exames de alta complexidade serão oferecidos nos Hospitais Gerais de Itapecerica da Serra e Taboão da Serra

O atendimento será oferecido no Hospital Geral de Itapecerica da Serra, além da instalação de novos equipamentos de ressonância magnética e angiografia no Hospital Geral de Pirajussara, em Taboão da Serra.

10/05/2022 às 19h32 Atualizada em 10/05/2022 às 19h55
Por: Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter Fonte: Elizeu Teixeira Filho/com informação do Gov. SP
Compartilhe:
Governador de São Paulo, Rodrigo Garcia esteve visitando o Hospital Geral de Itapecerica da Serra na tarde de segunda-feira, 09 - Foto: Governo de São Paulo
Governador de São Paulo, Rodrigo Garcia esteve visitando o Hospital Geral de Itapecerica da Serra na tarde de segunda-feira, 09 - Foto: Governo de São Paulo

A criação de uma nova unidade da Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer na região Sudoeste da Grande São Paulo, foi anunciada na segunda-feira, 9 de maio, pelo governador Rodrigo Garcia.

O atendimento será oferecido no Hospital Geral de Itapecerica da Serra, além da instalação de novos equipamentos de ressonância magnética e angiografia no Hospital Geral de Pirajussara, em Taboão da Serra.

“Estamos ampliando a Rede Hebe Camargo em todo o estado. Se a gente andar por São Paulo, o atendimento ao paciente de câncer é cada vez mais demandado. E nós precisamos atender a quem mais precisa”, afirmou Rodrigo Garcia. “O Hospital Geral de Itapecerica da Serra será a referência contra o câncer, nós vamos atender aqui com a rede”, reforçou o governador.

A nova unidade da Rede Hebe Camargo será implantada gradativamente em Itapecerica da Serra, com início dos atendimentos em junho. A capacidade será para mais de 3 mil consultas, 8 mil atendimentos não-médicos, 672 cirurgias oncológicas e 5,4 mil sessões de quimioterapia por ano.

Com o serviço de alta complexidade em oncologia, pacientes de municípios como Itapecerica da Serra, Embu-Guaçu, Cotia, Taboão da Serra, São Lourenço da Serra e Juquitiba não precisarão ir até a capital para tratamentos contra o câncer.

A unidade também será referência oncológica para a região da Rota dos Bandeirantes, que abrange Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus e Santana de Parnaíba.

“Este novo equipamento agiliza o atendimento e amplia a oferta de serviços oncológicos, que poderão ser atendidos mais próximos de suas residências e com mais conforto e humanização”, disse o secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

O Governo de São Paulo investiu R$ 1 milhão para adaptação do hospital e aquisição de equipamentos, além de outros R$ 10,8 milhões para custeio até o final do ano. A Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer conta atualmente com 90 serviços credenciados, entre estaduais, municipais e filantrópicos.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias