Terça, 02 de Março de 2021
11 98407-4416
Itapecerica da Serra Itapecerica da Serra

Itapecerica da Serra decreta fechamento de serviços não essenciais

Medida atende recomendação do Governo do Estado, que colocou na última sexta (15) a cidade em atenção; veja os estabelecimentos que podem funcionar

16/01/2021 21h36 Atualizada há 1 mês
Por: Por Elizeu Teixeira Filho, do Jornal SP Repórter Fonte: Redação
Foto: Elizeu Teixeira Filho/Arquivo/Jornal SP Repórter News
Foto: Elizeu Teixeira Filho/Arquivo/Jornal SP Repórter News

Após recomendação do Governo do Estado para Itapecerica da Serra e outras cidades que estão em atenção pelas altas taxas de ocupação de leitos, a Prefeitura Municipal publicou neste sábado, 16, um decreto na Imprensa Oficial 492 de fechamento total ou parcial de comércios não essenciais a partir do próximo dia 18.

No artigo 3° do decreto municipal 3115, está determinado “o fechamento das portas dos estabelecimentos comerciais”, que “deverão manter fechados os acessos do público ao seu interior”.

Visando a manutenção dos empregos e renda dos sistemas produtivos dos comércios, das indústrias e de outros serviços, ficou decretado que “SÃO PERMITIDAS VENDAS REMOTAS (PELO TELEFONE OU INTERNET), COM ENTREGAS POR SISTEMAS PRÓPRIOS E NAS PORTAS (SISTEMADRIVE THRU), SENDO PROIBIDAS AGLOMERAÇÕES, INCLUSIVE NAS FILAS EXTERNAS, PARA TANTO, DEVE O PROPRIETÁRIO OU RESPONSÁVEL ORIENTAR OS CLIENTES A MANTER ESPAÇAMENTO MÍNIMO DE 1 (UM) METRO DE DISTÂNCIA, SOB PENA DE CASSAÇÃO DO ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO OU LICENÇADO INFRATOR”.

O disposto não se aplica às atividades internas dos estabelecimentos comerciais, devendo, no entanto, os proprietários ou responsáveis legais, manter todas as medidas de higiene preconizadas, limpeza de banheiros, utensílios, dependências em geral e fornecimento de álcool gel, com o mínimo de pessoal suficiente ao funcionamento interno, e determinar quando possível o trabalho remoto e o isolamento e quarentena dos empregados dispensados, podendo ser mantidas as realizações de transações comerciais por meio de aplicativos, Internet, telefone ou outros instrumentos similares.

Sobre igrejas, o decreto prevê: "as reuniões em Templos Religiosos de qualquer natureza em seus respectivos espaços ou em outros espaços, não obstante a recomendação do Ministério Público para suspensão das reuniões, se ocorrerem por deliberação de seus respectivos dirigentes religiosos, deverão obedecer aos critérios de limitação de pessoas e espaço, constante do inciso IV, do parágrafo único do art. 4º deste Decreto, que estabelece limite em até 1 (uma) pessoa por cada 15 (quinze) metros quadrados".

O que poderá funcionar

O prefeito Dr. Nakano, no decreto, excetuou serviços considerados essenciais que poderão continuar em funcionamento, entre eles farmácias, hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas, centros de abastecimento de alimentos, lojas de venda de alimentação para animais, distribuidores de gás, lojas de venda de água mineral, padarias (ficando proibida a venda de lanches e refeições para consumo no balcão do estabelecimento), restaurantes e lanchonetes exclusivamente em sistema delivery, postos de combustível (ficando proibida a venda e consumo de produtos no interior das lojas de conveniência), feiras livres diurnas (devendo as barracas de venda de alimentos processados ou manipulados como pastéis, comidas típicas e outros, operar apenas no sistema drive thru ou delivery, proibida a venda para o consumo no local, sob pena de cassação da Licença/Alvará), casas de material de construção, clínicas médicas, odontológicas e veterinárias, Bancos e Casas Lotéricas (permitida a entrada de apenas 15 pessoas, desde de que impondo o afastamento mínimo de 1,5 metros e determinando a orientação do lado externo nas filas), empresas de transporte de passageiros públicas ou privadas, de valores e outros, bancas de jornais, oficinas mecânicas, borracharias, auto elétricos, bicicletarias e auto e moto peças (estas preferencialmente realizando entrega de peças no sistema delivery, não permitida a entrada de clientes nas dependências internas das lojas), I – lojas de cosméticos, perfumarias e produtos de higiene pessoal e doméstica, salões de cabeleireiros, serviços Notariais e de Registros, serviços de coleta seletiva e reciclagem no âmbito municipal, escritórios em geral para trabalho interno (proibido o atendimento ao público internamente, podendo atender exclusivamente de forma remota por Internet, entrega de documentos domiciliar ou sistema drive thru), restaurantes, lanchonetes e outros estabelecimentos relacionados a venda de alimentos instalados no Shopping Center de Itapecerica da Serra, exclusivamente em sistema delivery e o sistema pegue e leve, proibido o consumo no local.

Na Imprensa Oficial 492, disponibilizada no início da reportagem, a Prefeitura publicou todos os detalhes do decreto. Leia por lá, na íntegra.

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Saiba tudo o que acontece em Itapecerica da Serra.
Taboão da Serra - SP
Atualizado às 19h44 - Fonte: Climatempo
23°
Muitas nuvens

Mín. 19° Máx. 30°

23° Sensação
11 km/h Vento
83% Umidade do ar
80% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (03/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 31°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (04/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 29°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias